Governo implanta bibliotecas digitais...


O Projeto Bibliotecas Rurais, executado pelo Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/ Emater (GU), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), ganha novo impulso com a implantação de bibliotecas digitais a partir deste mês. A ação tem a finalidade de despertar o interesse pelo hábito da leitura, a compreensão e interpretação de textos com crianças, jovens e adultos do meio rural paraibano.

Segundo o presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, as cinco primeiras bibliotecas digitais serão instaladas até o final deste mês nas áreas do Ecoprodutivo – Projeto piloto da GU, nas comunidades rurais de Alagamar, no município de Salgado de São Félix; Quilombola Senhor do Bonfim, em Areia; Oziel Pereira, em Remígio; Quilombola de Pitombeira, em Várzea, e Bartolomeu, em Bonito de Santa Fé. Ele adiantou que, inicialmente serão disponibilizados 15 microcomputadores completos que devem permitir às famílias agricultoras acesso à cultura, gerando enriquecimento do saber, além da permanência no campo.

Na avaliação da chefe do Núcleo de Extensão Social da Emater GU, Zilda Abrantes, a iniciativa chega em boa hora, “uma vez que o mundo digital está cada vez mais fazendo parte do processo de desenvolvimento da educação, enriquecendo descobertas, conhecimento e estudo”, destacou. Ela explica que as bibliotecas digitais do Ecoprodutivo são aparatos tecnológicos onde é possível a convergência de formatos, conteúdos convencionais para software, conteúdos animados, estatísticos e audiovisuais. Disponibiliza também filmes, livros, links e artigos.

Início – Criado há dois anos pela coordenadoria regional da Emater (GU) de João Pessoa, o Projeto Bibliotecas Rurais, denominado “Cantinho do Saber”, consiste em um conjunto de ações educativas de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e tem como objetivo beneficiar famílias agricultoras por meio de incentivo à leitura, à valorização da cultura local e à conservação do meio ambiente.

As 20 unidades implantadas contam cada uma com um acervo de 230 livros obtidos por doação, os quais remetem à leitura diversificada. São livros da área da agricultura familiar, didáticos, paradidáticos, de pesquisa e técnicos, que abordam a realidade da vida  e a produção no campo. Entre os doadores destacam-se o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Secretaria de Educação do Estado, a Embrapa, o INSS e a população.

Os municípios contemplados são Cuité de Mamanguape, Cabedelo, Santa Rita, Sapé, Pitimbu, Alhandra, Conde, Rio Tinto, Mamanguape e Baia da Traição, todos integrantes da Emater (GU), região administrativa da João Pessoa.

MaisPB

POSTAGENS RELACIONADAS

Governo implanta bibliotecas digitais...
4/ 5
Oleh