Polícia intercepta quadrilha de explosão a banco e apreende mais de 250 munições...


Após perseguição, a Polícia Militar interceptou um carro com integrantes de uma quadrilha que pretendia estourar a agência do Banco do Brasil da cidade de Araçagi, no Agreste. A interceptação foi feita na noite desta quinta-feira (1º) em Mamanguape.

O bando vinha do Rio Grande do Norte e seguia em direção à região de Guarabira. Na perseguição, os suspeitos perderam o controle do carro e bateram em uma área de vegetação. De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, “eles abandonaram o carro e fugiram pela mata, mas apreendemos no veículo todo material que eles pretendiam usar no ataque a agência”.

No carro dos bandidos, a PM encontrou quarenta e cinco munições de fuzil 7,62; quarenta e nove de pistola 9 milímetros; dezoito de espingarda calibre 12; cento e quarenta de pistolas 380 e ponto 40; oito carregadores de pistola e fuzil; oito latas de grampos para serem espalhados na pista; uma barra de ferro para romper os caixas eletrônicos; e uma farda semelhante à do Exército.

Plano frustrado - O plano dos criminosos começou a ser frustrado durante a tarde, quando dois homens – um de 25 e outro de 28 anos - do Estado de São Paulo foram detidos por policiais do 4º Batalhão na frente da agência que seria o alvo, em Araçagi, tirando fotos para possivelmente mandar pelo aplicativo whatsapp para o restante da quadrilha. A dupla tinha várias passagens pela polícia por roubo, mas apesar das evidências de que pretendiam cometer a ação, eles tiverem que ser liberados por faltas de provas que os incriminassem.

Após a ação, já na manhã desta sexta-feira (02) a polícia ainda apreendeu uma submetralhadora de uso restrito às Forças Armadas. A arma, que é automática e tem o poder de dar rajadas (tiros ininterruptos), estava com dois carregadores e mais de 100 munições.

O comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, destacou que a arma pertence ao bando que foi interceptado pela PM na noite dessa quinta-feira (1º) e fugiu por dentro do mato. “Eles estão na área, já apreendemos toda munição e grampos que eles levavam para estourar, provavelmente, a agência de Araçagi, agora apreendemos essa arma e as buscas vão continuar até prendê-los”, disse.

Cerco aumenta na Paraíba – Esta semana, na última terça-feira (30), a Polícia Militar combateu um bando que tinha atacado a agência do Banco do Brasil da cidade de Queimadas, onde foram apreendidos um fuzil calibre ponto 50 - de fabricação estrangeira - e mais de 30 munições de grosso calibre. Um dos criminosos morreu na troca de tiros.


Fonte: ClickPB

POSTAGENS RELACIONADAS

Polícia intercepta quadrilha de explosão a banco e apreende mais de 250 munições...
4/ 5
Oleh