Aviões militares dos EUA voam perto da Coreia do Norte; confira detalhes...


Bombardeiros e caças americanos voaram neste sábado perto do litoral da Coreia do Norte para demonstrar que os Estados Unidos possuem “opções militares” para qualquer ameaça, informou o Pentágono.

“Estamos preparados para usar toda a capacidade militar para defender os Estados Unidos e os nossos aliados”, afirmou a porta-voz do Pentágono, Dana W. White, em comunicado.

Os bombardeiros B-1B, procedentes da Ilha de Guam, que pertence aos Estados Unidos, e os caças F-15C Eagle, que vieram de Okinawa, no Japão, “voaram no espaço aéreo internacional sobre águas ao leste da Coreia do Norte”.

“Isso é o mais longe ao norte da zona desmilitarizada que já voaram um caça ou um bombardeiro dos Estados Unidos sobre a costa da Coreia do Norte no século XXI”, revelou a porta-voz.

Essa operação, acrescentou White, mostra a “gravidade” do comportamento “temerário” do regime de Pyongyang.

Sanções
Nesta semana, os Estados Unidos impuseram nova sanções contra o país de Kim Jong-un. As novas sanções econômicas incluem a proibição de visitar os Estados Unidos por 180 dias a barcos e aviões que tenham estado previamente na Coreia do Norte.

Este veto também será aplicado a barcos que tenham comercializado com outros navios que tenham visitado o país nos 180 dias anteriores.

O presidente Trump ordenou as sanções através de um decreto cujo objetivo “é aumentar ao máximo a pressão sobre a Coreia do Norte para demonstrar a seus líderes que o melhor e único caminho é o retorno à desnuclearização.”


Fonte: Veja

POSTAGENS RELACIONADAS

Aviões militares dos EUA voam perto da Coreia do Norte; confira detalhes...
4/ 5
Oleh